24/06/2022 às 10h03min - Atualizada em 25/06/2022 às 16h52min

Trabalhadores buscam mais representatividade no Congresso Nacional

Segundo levantamento do DIAP, a bancada de trabalhadores no Congresso Nacional tem apenas 40 representantes

SALA DA NOTÍCIA Centro Universitário Paulistano - UniPaulistana
Eduardo Annunciato ,Chicão, por mais representantes dos trabalhadores no Congresso Nacional

 

Eduardo de Vasconcellos Correia Annunciato, o Chicão, presidente licenciado do Sindicato dos Eletricitários de São Paulo e fundador e presidente licenciado da Federação Nacional dos Trabalhadores em Energia, Água e Meio Ambiente (FENATEMA), lança sua candidatura a deputado federal, pelo Solidariedade, na sede do Sindicato, em São Paulo, nesse sábado (25/6) às 10h, com propostas para maior representatividade de trabalhadores no Congresso Nacional. 

A candidatura propõe um mandato coletivo formado por diferentes categorias de trabalhadores: saneamento, telefônicos, enfermeiros, químicos e aposentados. “O objetivo é dar mais representatividade aos trabalhadores no Congresso Nacional e qualificar o debate com quem entende de cada um desses setores, fazendo um debate de alto nível com outros setores da sociedade”, afirma Chicão. 

A impressão do líder sindical é confirmada por levantamento feito pelo DIAP (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar), de que a bancada de trabalhadores no Congresso Nacional tem apenas 40 representantes – 35 na Câmara dos deputados e 5 no Senado, ou seja, menos de 7% do Congresso Nacional representa o interesse dos trabalhadores. Essa talvez seja a explicação para a perda de tantos direitos pela classe trabalhadora nos últimos anos. 

A bancada empresarial possui 273 membros, seguida de perto pela bancada ruralista com 257 membros e a bancada evangélica composta por 91 membros.  

As principais propostas do mandato coletivo baseiam-se em quatro eixos temáticos: valorização do setor energético brasileiro, criando a Frente Parlamentar de Energia para discutir a redução do custo da energia no país, melhora de atendimento ao consumidor final e modernização da legislação do setor preservado o valor estratégico da energia; valorização do trabalho, entendendo a essencialidade do trabalho para o fortalecimento da economia  como um todo, apoiando todas iniciativas em defesa da geração de emprego e renda, preservando os direitos trabalhistas e apoio a melhores condições de crescimento das empresas empregadoras; melhorar a infraestrutura nacional e redução das desigualdades sociais. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://itaqueraemnoticias.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp