24/06/2022 às 12h27min - Atualizada em 25/06/2022 às 16h41min

Alunos mais conectados com o mundo: mercado de educação bilíngue cresce no Brasil e em Sorocaba (SP)

Maior rede de escolas bilíngues do mundo, Maple Bear registrou aumento no número de alunos no Brasil e expandiu a atuação no interior paulista

SALA DA NOTÍCIA DFreire
DFreire
Maple Bear Brasil
Se as formas de se informar, comunicar e trabalhar mudaram com a revolução digital, a educação também precisa evoluir. Com isso, as escolas tiveram que se reinventar, investindo em novas formas de aprendizado e interação. O ensino em dois idiomas (português e inglês) por imersão com o uso de uma metodologia que encoraje o aluno a ser o protagonista de seus estudos é um destes caminhos. Tanto que cada vez mais famílias e escolas vêm aderindo a este modelo e a Educação Bilíngue crescendo no Brasil, fator que se comprova com a ampliação da rede canadense, Maple Bear, em Sorocaba, no interior de São Paulo. Segundo informações da Associação Brasileira do Ensino Bilíngue (Abebi), desde 2014, este mercado cresceu ao menos 10%, sendo que somente no Estado de São Paulo estima-se que o número de instituições bilíngues passou de 2,8 mil para 4,6 mil em cinco anos.

Corroborando esses dados, a Maple Bear, que oferece ensino bilíngue por imersão com metodologia canadense, registrou um crescimento no número de matrículas de 18% em 2021 em relação a 2020, e de 40% em relação a 2019. Com isso, a rede, que atualmente conta com mais de 170 escolas em atuação no Brasil em todos os estados, chegou a mais de 30 mil alunos no País. Duas destas escolas estão localizadas no município de Sorocaba, atendendo alunos de que estão ingressando na Educação Infantil ou Ensino Fundamental.

Dessa forma, as escolas do interior paulista chegam para atender pais e estudantes que moram ou trabalham na região e buscam uma educação bilíngue para seus filhos. Acompanhando o crescimento de Sorocaba e do bairro Alto da Boa Vista, local próximo à zona industrial e repleto de condomínios residenciais, Eduardo Vieira Zanella, owner da primeira Maple Bear aberta há 15 anos no município, implantou a segunda escola da rede em janeiro deste ano. A escola está com matrículas abertas e planeja expandir os ciclos de ensino oferecidos, conforme a demanda.

Para que os pais e os próprios alunos possam conhecer melhor a estrutura e a metodologia da Maple Bear sorocabana, a escola realizará um Maple Day, no dia 25 de junho. Na ocasião, a equipe pedagógica promoverá atividades que poderão ser vivenciadas pelas crianças, com acompanhamento dos pais, para que possam saber como é a rotina dos estudantes no dia a dia. A iniciativa será realizada das 15h às 18h, e espera receber a visita de, ao menos, 100 famílias. O intuito é fazer com que todos os participantes conheçam de perto a metodologia canadense, que tem o aluno como protagonista do ensino, para que possam solicitar com antecedência a reserva de vagas para o próximo ano letivo.

Por que escolher uma escola bilíngue?
À medida em que novos serviços, produtos, soluções necessárias para suportar a transformação digital vão surgindo, a necessidade de educação bilíngue também cresce. Uma pesquisa recente apresenta quais as áreas profissionais devem ter destaque a partir de 2022. A maioria delas exige fluência em um segundo idioma, na grande maioria dos casos o inglês. São carreiras como: desenvolvedores, cientistas de dados, gerentes de segurança, marketing, analistas, coordenadores e gerentes de inovação, profissionais do mercado financeiro, jurídico e engenharia.  
 
“Ter fluência em um segundo idioma abre muitas oportunidades, tanto no Brasil como no exterior. Nesse contexto, o inglês tem um papel fundamental, sendo a língua mais falada nas trocas internacionais nas áreas de ciência, tecnologia, educação, cultura e negócios de forma geral. A globalização e a transformação digital deram ainda mais relevância a esse papel de um segundo idioma porque a comunicação, mesmo a milhares de quilômetros, passou a ser instantânea e extremamente acessível. Além disso a educação bilíngue por imersão vem apresentando ótimos resultados porque os alunos são expostos ao segundo idioma desde cedo, o que os estimula a pensarem e sentirem em duas línguas em vez de apenas traduzirem o que dizem, leem ou escrevem”, explica Phyllis Hildebrandt, diretora acadêmica da Maple Bear.

Na prática, isso significa que é feita uma verdadeira imersão do aluno, desde cedo na língua adicional. Não se trata apenas de ensinar o outro idioma como um adendo no contraturno ou inserido na grade como disciplina isolada. Neste sistema, se reproduz a forma com que aprendemos a língua mãe, inicialmente com um período de simples exposição ao idioma, para primeiro escutar e ir compreendendo as primeiras palavras, sons e entonações. Depois, de forma gradativa, vem a questão da fala, com interações mais simples, e em seguida com maior complexidade. Nesta abordagem, a necessidade de falar e interagir com o meio e os colegas é o grande impulsionador da aprendizagem, contando também com o incentivo e orientação dos professores. De forma geral, os alunos Maple Bear costumam ter um inglês fluente já a partir dos 5 anos.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://itaqueraemnoticias.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp