Itaquera em Notícias Publicidade 1200x90
26/02/2024 às 21h27min - Atualizada em 29/02/2024 às 00h13min

Projeto inédito em comunidades rurais promove contações de histórias em escolas e instituições do interior de São Paulo

Com o objetivo de revitalizar o patrimônio micocultural do sudoeste paulista, no livro “Cocumelo: Aventuras Caipiras” a relação com os fungos é tema central

GRAZIELA NATASHA MASSONETTO
Menk Gestão Cultural

O projeto "Patrimônio Micocultural e Seus Contos em Comunidades Rurais", realizado pela Menk Gestão Cultural e viabilizado pelo Proac ICMS (Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo), patrocinado pela empresa Klabin e com apoio da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), acaba de lançar o livro “Cocumelo: Aventuras Caipiras”, desenvolvido para crianças e adolescentes de 7 a 12 anos.

Em fevereiro, o projeto promove 15 contações de histórias em diversos espaços e instituições. De 19/02 a 23/02, o projeto estará em Angatuba, Campina do Monte Alegre, Guareí e Itapetininga. Totalmente gratuito, é possível baixar "Cocumelo: Aventuras Caipiras” através do link: https://x.gd/CJPCt

“Patrimônio micocultural pode ser definido como o conjunto de conhecimentos culturais que uma comunidade possui sobre aspectos práticos, ecológicos, cerimoniais e simbólico-narrativos dos fungos”, explica a doutora Larissa Trierveiler Pereira, uma das idealizadoras do projeto. “Tudo isso gera narrativas orais, que estão presentes em nossa comunidade rural, localizada no sudoeste paulista. Infelizmente, esses conhecimentos estão em vias de desaparecimento. Daí a importância do livro: manter a cultura viva”, completa Alana Menk, responsável pela empresa gestora do projeto.

Para realizar a obra, foram entrevistados mais de 120 moradores do município de Angatuba, Buri, Campina do Monte Alegre e Guareí, municípios do interior de São Paulo, que serviram como fonte de inspiração para o livro. "Cocumelo: Aventuras Caipiras" traz contos da região e enaltece o conhecimento local sobre os cogumelos, além de capturar a atmosfera acolhedora das casas rurais.  

O próprio título, “Cocumelo”, reflete em si a autenticidade e a essência da linguagem regional e foi escolhido para homenagear a maneira como as pessoas da região pronunciam a palavra. Essa variação linguística reforça a conexão da comunidade rural com suas raízes e tradições.

Conexão entre gerações

No livro, a personagem central Dona Chica guia os leitores por um caminho onde a curiosidade das crianças encontra-se com os segredos dos cogumelos, transmitindo saberes tradicionais e promovendo uma conexão especial entre as gerações. Ao longo das páginas, a história também destaca a importância da preservação ambiental e a valorização da identidade regional. 

A obra é um convite para explorar as riquezas do campo, resgatando memórias, práticas e saberes relacionados aos fungos e à vida no interior. Uma jornada onde a preservação da cultura local encontra-se entrelaçada com a magia dos cogumelos.

Acessibilidade 

Na produção da obra levou-se em consideração recursos de acessibilidade, como a escolha do tamanho e tipo da fonte, cores das ilustrações e gramatura do papel. Além da sua versão digital, "Cocumelo: Aventuras Caipiras" também está disponível em versão audiobook.

 

Ficha técnica do livro:

"Cocumelo: Aventuras Caipiras"

ISBN: 978-65-982356-0-4

100 páginas

 

Para baixar/ouvir

E-book: https://x.gd/CJPCt

Epub: https://x.gd/xTglE

Audiobook: https://open.spotify.com/show/6rn0AS0Oplicqui6TAjf0n?si=MDkLOEgFRCGgYCTDXlsR2A

 

Acompanhe nossas redes sociais:

Instagram: @micocultural

Tiktok: @micocultural

Youtube: @micocultural




 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://itaqueraemnoticias.com.br/.