Itaquera em Notícias Publicidade 1200x90
27/02/2024 às 08h57min - Atualizada em 28/02/2024 às 00h11min

Desenvolve SP: crédito para construção de usinas com painéis solares cresce 500%

Líder nacional, SP aumentou em 50% geração de energia elétrica fotovoltaica em 2023

Governo do Estado de São Paulo
https://www.saopaulo.sp.gov.br/ultimas-noticias/desenvolve-sp-credito-para-construcao-de-usinas-com-paineis-solares-cresce-500/

O Governo de São Paulo, por meio da Desenvolve SP, agência de fomento ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, aumentou em 500% os créditos concedidos a prefeituras para a construção de usinas com painéis solares e troca de iluminação pública em 2023. O valor passou de R$ 5,7 milhões em 2022 para R$ 34,5 milhões no ano passado.

Além disso, o Estado fechou 2023 na liderança no ranking de geração distribuída de energia solar fotovoltaica, que ocorre quando consumidores produzem a própria energia por meio de painéis solares.

Neste modelo, quando o consumidor produz mais energia do que consome, o excesso vai para a rede elétrica. Isso possibilita créditos na conta de luz, economia e uma rede mais estável.

Com crescimento ano a ano, a produção desse tipo de energia limpa no território paulista saltou 50% de 2022 para 2023. Com isso, São Paulo acumulou potência de 3,5 Gigawatts (GW), enquanto Minas Gerais, na segunda posição, registrou 3,4 GW, segundo dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Autossuficiência

Além da questão sustentável, os projetos possibilitam economia aos cofres das prefeituras que acessam a linha de crédito da Desenvolve SP. É o caso de Tabapuã, que deve finalizar até o final de março uma usina de energia solar fotovoltaica. O mecanismo vai abastecer todos os prédios públicos da cidade, gerando uma economia de 53%.

Localizada no noroeste do estado, região conhecida pelas altas temperaturas, Tabapuã decidiu instalar ar-condicionado em todas as escolas, o que fez a conta de energia elétrica paga pela prefeitura disparar. A garantia de que eles não serão desligados está justamente na entrada em funcionamento da usina solar fotovoltaica.

“A conta é simples. A prefeitura gastava R$ 320 mil por mês e isso vai cair para R$ 150 mil. Se a usina fosse usada para gerar energia residencial, seria suficiente, por exemplo, para abastecer o consumo de mil casas”, afirmou o engenheiro eletricista Felipe Oliveira, da Nexsolar, empresa contratada pela prefeitura de Tabapuã para tocar o projeto.

Iluminação pública 100% LED

Localizada na região central do estado, a cidade de Matão procurou a Desenvolve SP e acessou R$ 13 milhões em financiamento. A prefeitura já concluiu 50% do projeto, que prevê a troca de todas as cerca de 9.500 lâmpadas da iluminação pública, que eram de vapor de sódio, por LED. Além de serem mais eficientes, garantindo uma luminosidade melhor, as lâmpadas de LED possuem maior durabilidade e são mais econômicas.

A economia aos cofres públicos com a medida já chegou a 8%, mas vai aumentar, pois serão trocadas também todas as lâmpadas nas vias que dão acesso ao município, praças e parques.

“O mais importante é que planejamos tudo para nos adequarmos à nossa sustentabilidade orçamentária. A redução do custo de energia será mais do que suficiente para pagarmos o financiamento. “Não é um avanço apenas na iluminação, mas sobretudo na segurança das pessoas”, disse Gregório Luiz Amaconi, gerente de convênios da prefeitura.

Além de auxiliar na geração de emprego e renda financiando projetos de micro, pequenos e médios empresários em todo o estado, a Desenvolve SP também atua para o avanço de projetos de eficiência energética e energias renováveis propostos pelas prefeituras do estado de São Paulo. Isso fortalece o desenvolvimento regional e a sustentabilidade.

O post Desenvolve SP: crédito para construção de usinas com painéis solares cresce 500% apareceu primeiro em Governo do Estado de São Paulo.



Fonte: www.saopaulo.sp.gov.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://itaqueraemnoticias.com.br/.