29/09/2021 às 09h32min - Atualizada em 29/09/2021 às 14h50min

FELIPE RIBBE, HEAD DE INOVAÇÃO DO GALO, PARTICIPA DO PRÊMIO E FÓRUM SÃO PAULO DE EMPREENDEDORISMO NO ESPORTE

Clube mineiro é pioneiro no país ao utilizar a tecnologia para aumentar o relacionamento e engajamento dos torcedores e parceiros

SALA DA NOTÍCIA PATRICIA RIBEIRO DO NASCIMENTO
Dibulgação
Primeiro clube de futebol brasileiro a criar o cargo de “head de inovação”, com o objetivo de gerar receitas com o uso das mais modernas tecnologias, o Atlético Mineiro revela-se como uma referência no setor ao apostar em projetos que incluem desde um leilão de uma obra de arte em NFT - a icônica imagem do goleiro Victor defendendo com o pé um pênalti nos acréscimos do jogo contra o Tijuana do México pela Libertadores de 2013 -, o lançamento do token digital $Galo e o primeiro acordo de um time brasileiro com a Socios.com, plataforma global de engajamento de torcedores da qual faz parte potências mundiais como PSG, Juventus e Barcelona.

Para abordar essas atividades, e as perspectivas tecnológicas dentro do universo esportivo, Felipe Ribbe participa - no dia 29 de setembro -, do workshop Benefícios e Oportunidades Nacionais e Internacionais para Startups Brasileiras, a ser realizado durante o Prêmio e Fórum São Paulo de Empreendedorismo no Esporte, evento online, realizado pela Federação Nacional das Entidades do Terceiro Setor (FENATS) e promovido pela Associação Brasileira da Indústria do Esporte (ABRIESP), que visa discutir o setor de Sports Tech e as soluções e oportunidades que a tecnologia pode proporcionar para o mercado esportivo.

Segundo Ribbe, atualmente, a tecnologia é parte fundamental de todos os setores da economia e no esporte não poderia ser diferente. “Ela dá às organizações diversas novas oportunidades de negócios, principalmente por meio da melhoria na interação com os fãs, criando fontes de receita diretas através deste relacionamento e gerando valor em propriedades comerciais que serão negociadas com patrocinadores”.

Para o executivo, o potencial de crescimento das Sports Tech no mercado nacional é bastante expressivo, destacando a paixão do brasileiro pelo esporte e as possibilidades que um país com mais de 200 milhões de habitantes pode gerar. “Acredito que o ecossistema de sports tech por aqui ainda está sendo construído, o número de startups do setor ainda é baixo, são poucas as iniciativas com capital de risco e as organizações, em geral, ainda não estão acostumadas a trabalhar com estas empresas. Porém, enxergo este cenário como uma grande oportunidade para crescimento, inclusive com algumas boas iniciativas sendo implementadas que, certamente, ajudarão a fomentar o segmento”, completa Ribbe.

As inscrições para participação, online e gratuita, no 3º Prêmio e Fórum São Paulo de Empreendedorismo no Esporte devem ser realizadas através do site www.premiosaopaulodeempreendedorismonoesporte.com.

3º Prêmio e Fórum São Paulo de Empreendedorismo no Esporte é uma realização da Federação Nacional das Entidades do Terceiro Setor (FENATS) em conjunto com a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer de São Paulo (SEME), com a promoção da Associação Brasileira da Indústria do Esporte (ABRIESP), e apoio da Investe SP, SP Negócios, ABDI, CNS, FIESP,  SStudio Marketing, ABFintechs, CREF4, Viva RTV, Escola Brasileira de Games, World SBN, Centro Universitário Facens, Ps2Tech e Fitness Mais.

Mais informações:
www.premiosaopaulodeempreendedorismonoesporte.com.
secretaria.pitesl@gmail.com
Telefone: ‎+55 11 95898-8090

Informações para imprensa:
Ivo Chicuta -ivochicuta@gmail.com- 11-987198478
Patrícia Ribeiro -imprensa@weducation.com.br- 11-980804406


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://itaqueraemnoticias.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp