24/09/2021 às 09h33min - Atualizada em 24/09/2021 às 21h20min

Capacidade de produção de energia eólica atrai investimentos ao RN

Governo anunciou projeto-piloto para estocar vento

SALA DA NOTÍCIA Emilly Santos
Ex-Libris Comunicação Integrada
Miguel Ângelo / CNI
O governo do Rio Grande do Norte anunciou na última terça-feira, dia 21, que assinou um protocolo para a instalação de um projeto-piloto de armazenamento de energia produzida pelo vento. O estado é o maior produtor de energia eólica do país, capacidade que atrai investimentos do setor privado na produção de energia limpa em terras potiguares.

No início de agosto, a 2W Energia, uma das principais plataformas de energia renovável do país, deu início à mobilização das obras do Complexo Eólico Anemus, nos municípios de Currais Novos e São Vicente. Formado por três parques, com 33 aerogeradores com potência nominal de 4,2 MW cada, o projeto será  desenvolvido pela Allonda, empresa de engenharia com foco em soluções sustentáveis.

"A capacidade de geração de energia limpa e sustentável dos três parques será o equivalente ao abastecimento de energia de 360 mil residências, evitando a emissão de mais de 260 mil toneladas de dióxido de carbono (CO2) por ano", afirma Leo Cesar Melo, CEO da Allonda, que ressalta a importância do projeto tanto pela questão econômica como também pelo forte impacto positivo socioambiental.

Investimento - A energia gerada será destinada, principalmente, aos clientes da divisão de varejo da 2W Energia, composta por pequenas e médias empresas que buscam a migração ao mercado livre de energia. Para garantir a totalidade dos investimentos do Complexo Eólico Anemus, a empresa realizou a emissão de R$ 475 milhões em debêntures verdes.

O início da geração de energia no Complexo Eólico Anemus está previsto para o segundo semestre de 2022.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://itaqueraemnoticias.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp