23/09/2021 às 09h41min - Atualizada em 23/09/2021 às 16h40min

Comunicação visual: conceitos e importância

SALA DA NOTÍCIA Victor
https://pixabay.com/pt/photos/telefone-t%c3%a1bua-tela-m%c3%b3vel-793046/
 

A comunicação visual de uma marca é tão importante quanto o uso de canais de outras ferramentas de conteúdo, como as mensagens transmitidas nessas peças. Inclusive, o elemento visual, em muitos casos, é o responsável por afirmar a intenção do conteúdo.

 

Se esse tipo de comunicação sempre foi essencial para o processo de comunicação de uma marca, em canais tradicionais, jornais, revistas e televisão, agora, com a chegada do ambiente digital, esse aspecto merece ainda mais atenção.

 

O contato frequente com um número imenso de mensagens faz com que a atenção do usuário seja cada vez mais disputada. Tanto pelas empresas e anunciantes ali presentes, como pelos próprios usuários da rede, com seu conteúdo diversificado.

 

O anúncio de uma caixa pallet papelão pode ser direcionado especificamente para um público que, em algum momento, demonstrou durante a sua navegação na internet um certo interesse nesse material e em produtos relacionados.

 

Por mais que as redes sociais apresentem essas facilidades de se comunicar com uma audiência segmentada, a mesma coisa acontece com todos os outros assuntos visitados por esse usuário, criando uma intensa disputa pela atenção do público.

 

E nesse processo, um anúncio ou postagem colorida, ou com elementos visuais que chamam a atenção desse público em específico, é capaz de trazer resultados positivos para a sua empresa a longo prazo, iniciando um contato com os seus potenciais clientes.

 

Esse é apenas um exemplo claro, pois as possibilidades de trabalho tendo elementos visuais como base são inúmeras, e por isso é tão importante estar atento a esses elementos.

O papel da comunicação visual em um negócio

O cuidado com os aspectos visuais de uma empresa é um conceito simples de se entender quando se pensa em uma loja física. Afinal, é possível identificar um funcionário do estabelecimento justamente pelo uniforme com o qual ele se encontra.

 

E essa identificação, que vai desde uma loja de roupas até uma instalação de brindes personalizados para empresas, só é possível graças a um conjunto de elementos visuais previamente estabelecidos pela empresa, com as cores institucionais ou o seu logotipo.

 

Nessa loja física, alguns elementos precisam seguir uma certa padronização, de forma a demonstrar o nome da marca e estabelecer um fácil reconhecimento do consumidor, adotando uma preocupação visual com certos fatores, tais como:

 
  • Uniforme dos funcionários;
  • Displays disponíveis na loja;
  • Decoração interna e externa do estabelecimento;
  • Totens de comunicação;
  • Placa de fachada da loja.
 

Todos esses tópicos devem seguir uma certa padronização, de forma a apresentar um conjunto visual que destacará a identidade da sua loja perante os clientes, assim como potenciais consumidores, que mesmo sem visitar o local conhecem a sua comunicação.

 

Quando se pensa no mercado digital, esses conceitos necessitam de um cuidado ainda maior, diante a frequência maior com o qual os visitantes de um site são expostos aos elementos visuais na página, que podem atrair ou afastá-los do processo de compra.

 

É o caso de uma loja de utensílios diversos, tendo em seu catálogo um número imenso de produtos e setores, atuando com a venda de pen drive para brindes personalizados, objetos de decoração e peças artesanais.

 

Com um catálogo tão extenso o design do site também se torna um importante elemento da comunicação visual da empresa, pois apresentar uma plataforma clara, onde é fácil encontrar tais produtos, acaba por tornar a experiência do consumidor em algo positivo.

 

E clientes bem atendidos costumam não só concluir o processo de compra, como voltar a consumir nesse local, diante a praticidade dos serviços que ele apresenta. Uma realidade de vendas que tem início na comunicação visual de um estabelecimento, físico ou digital.

 

Mas a comunicação visual, não está relacionada apenas aos processos finais de compra de uma empresa, como a qualidade dos rótulos em papel couche de uma marca de refrigerantes, sendo um elemento de diálogo muito mais especializado.

 

O contexto visual acaba sendo uma estratégia que trabalha conceitos importantes para a definição da própria identidade da companhia, ditando inclusive outras estratégias de comunicação, como o posicionamento da marca.

O apelo visual do seu negócio

A escolha do nome da sua empresa é um movimento importante, para garantir que esse título esteja adequado aos seus negócios e tenha uma fácil penetração no imaginário popular, que o consiga pronunciar sem dificuldades, por exemplo.

 

Além da construção fonética e estrutural da palavra, o nome de um empreendimento trabalha com a elaboração visual desse título, utilizando uma fonte específica, as cores e o próprio elemento visual que vai acompanhá-lo, e em alguns casos até substituí-lo.

 

Uma fábrica de camisetas promocionais, por exemplo, pode trabalhar com um ícone especialmente desenvolvido para servir de símbolo para a identificação da marca, assim como diversos concorrentes do ramo de vestuário.

 

A escolha de cores também tem uma grande influência na forma com a qual o público enxergará a sua empresa. Como a relação entre cores mais claras como o branco, para empresas do ramo da limpeza, ou o preto simbolizando um produto premium.

 

A paleta de cores adotada para uma marca, assim como a forma que ela é aplicada pode, inclusive, ser registrada no órgão competente, junto ao nome da empresa e algum slogan utilizado por ela.

 

Isso só prova como esse conjunto de cores tem uma importância para a identidade de uma marca, capaz de apontar a sua originalidade e tom único em relação a outras companhias presentes no mercado.

 

Como uma fabrica de bobina de papel kraft, que pode adotar uma comunicação visual de cores mais brandas e leves, simbolizando o material com o qual trabalha, enquanto uma fábrica de cores opera com um conjunto colorido, para simbolizar sua variedade.

 

No mercado atual é muito importante que uma marca dê atenção ao seu papel social, ou seja, a imagem que ela apresenta ao público, definindo a forma com a qual a sua audiência reagirá aos seus conteúdos, produtos e serviços.

 

E nada atua mais na construção de uma imagem como a comunicação visual, sendo uma ferramenta especialmente desenvolvida para lidar com essa questão, quando se pensa nas operações de marketing que podem ser implementadas em sua empresa.

 

E isso vale tanto para o mercado físico como o digital, por mais que o segundo tenha uma importância maior nesse sentido, já que o apelo visual está ligado a forma com a qual esses perfis na internet são visualizados pelo público.

Por que investir na comunicação visual?

As redes sociais são hoje um dos principais meios de contato com o público. Em alguns casos todo o processo de atendimento, ou até de compra, é realizado nessas plataformas virtuais de comunicação.

 

E por mais que o contexto do conteúdo seja importante para que uma postagem conclua o processo de transmissão de uma mensagem, que pode lidar com as qualidades de um produto, ou até mesmo uma nova embalagem adotada pela empresa.

 

Mas antes de informar o público sobre esse assunto específico, é preciso conquistar a atenção do usuário, para que ele não atualize a página principal do celular, antes de ler o aprofundado conteúdo que você está oferecendo nas redes.

 

Por meio de uma comunicação visual bem trabalhada, é capaz do público entender que aquele conteúdo está relacionado a sua marca antes mesmo de encontrar a sua assinatura em uma imagem postada ou em um comercial de vídeo.

 

Por isso é importante trabalhar com o processo de identificação dos elementos visuais da sua marca com público, muitas vezes com a distribuição de brindes e acessórios que estampam o nome da sua companhia, ajudando a fomentar o seu nome no mercado.

 

Por exemplo, para que alguém que pesquise na internet por “ecobag personalizada empresas” consiga encontrar o nome da sua empresa presente entre os resultados, diante a popularidade e força que o seu apelo visual conquistou para públicos de diferentes serviços.

Nunca é tarde para trabalhar o visual

Após entender um pouco sobre a importância que a comunicação visual pode trazer à sua empresa, adotar esse tipo de estratégia ao seu projeto comercial se mostra uma ação bem importante para o crescimento tanto do seu negócio como da imagem dele com o público.

 

Caso a sua companhia nunca tenha pensado com esse foco específico, é possível não só começar a fazer isso, como iniciar o projeto do zero. Diversas marcas trabalham com o conceito de rebrading, que adapta a sua comunicação aos comportamentos atuais.

 

Podendo ser o caso de uma empresa de locação de impressora São Paulo, que agora busca trabalhar com empresas de grande porte, readaptando a sua comunicação, atuando agora com conceitos e cores que destaquem esse novo apelo de produto premium.

 

Por isso é importante adotar os conceitos de visual thinking, pensando no diálogo realizado não apenas pela sua comunicação direta, mas também pelo ênfase que o apelo visual pode acrescentar a esse objetivo.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://itaqueraemnoticias.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp