23/09/2021 às 09h33min - Atualizada em 23/09/2021 às 12h20min

Como abrir um e-commerce no setor de comunicação visual?

SALA DA NOTÍCIA Victor
https://pixabay.com/pt/photos/comprar-teclado-digite-bot%c3%a3o-www-3692490/
 

Empreender é sempre uma saída para aqueles que querem aprender com o novo, garantir sua independência financeira e deixar de trabalhar para outras pessoas. Por isso, cada vez mais as pessoas pensam em montar um  e-commerce.

Muitos pensam o que vender ou que tipo de trabalho oferecer para as pessoas e acabam caindo sempre nos mesmos segmentos. Fazer algo saturado no mercado pode exigir muito mais esforço para dar certo do que encontrar uma lacuna no meio desse coliseu. 

 

Pensando em diversos segmentos que compõem o mercado, podemos dizer que há espaço para todos, mas alguns podem ser mais viáveis momentaneamente do que outros. É como comprar um carregador portatil personalizado atacado e não utilizar adequadamente.

 

Esse cenário nos faz querer te apresentar um segmento muito requisitado por milhares de pessoas e empresas e que pode ser uma excelente opção, se seu desejo é criar um e-commerce de qualidade e diferente dos tantos iguais que vemos por aí.

 

Diante disso, a criação de um e-commerce no setor de comunicação visual pode ser uma boa sinalização de transito horizontal e vertical para suas finanças. Afinal, existe muita demanda e uma baixa oferta, o que cria um ambiente favorável para investir. 

O que é comunicação visual? 

Todos os dias milhares de empresas são criadas e fechadas, mas se existe algo em comum entre elas, é a necessidade de se comunicar com os clientes. Antigamente, os vendedores batiam de porta em porta vendendo os produtos dos mais diferentes tipos.

 

Hoje, com o advento da internet, as pessoas pesquisam diretamente pelos produtos que desejam e decidem por comprar ou não. 

 

São diversos os motivos que fazem uma pessoa comprar um produto, entre eles :

 
  • Necessidade;
  • Oportunidade;
  • Impulso;
  • Influência.
 

É claro que poderíamos destrinchar outros fatores importantes, mas note que o fator visual pode estar atrelado a todos eles. Cada um desses motivos faz o produto ficar mais importante para o consumidor.

 

A função da comunicação visual é justamente causar alguma dessas necessidades dentro do cliente, somente de bater o olho no site, na loja, nos produtos, nos vendedores ou na causa defendida.

 

Tudo pode ser vendido da mesma forma, só que atingindo cada tipo de consumidor de forma diferente. É assim que é vendido um boneco inflável personalizado ou uma penteadeira elétrica e até quadros de séries antigas e novas.

De olho na oportunidade  

Agora que sabemos o que é comunicação visual, precisamos agregar essa realidade à oportunidade, afinal, você pode vender algum desses produtos que acabamos de citar ou fazer um e-commerce para fotografia ou ramo alimentar.

 

Ocorre que todos esses segmentos precisam em algum momento contratar alguma empresa para fazer a comunicação visual delas. Apesar de ser possível entender o conceito de forma fácil e clara, é estritamente mais difícil do que falar.

 

A comunicação visual envolve diversos pontos que são de áreas dos mais variados profissionais possíveis. É aí que surge a oportunidade de abrir um e-commerce oferecendo a comunicação visual. 

 

E olha que nem falamos ainda sobre a necessidade de todas as empresas em criar as suas identidades visuais. Afinal, todo empreendedor precisa entregar um diferencial e construir uma reputação, e isso pode ser uma tarefa complicada para quem não entende do assunto..

 

Não basta fazer a decoração de natal para loja no momento das festas, é preciso ir além. O design dos produtos, as ações publicitárias, a estrutura do site, os textos das mensagens, tudo influencia na imagem que o consumidor tem da sua loja.

 

Isso abre um leque de oportunidades para atuar como empreendedor, oferecendo soluções para empresas que precisam criar sua identidade visual e estabelecer uma comunicação visual com seus clientes.

Montando o seu E-commerce 

Agora que já enxergamos a oportunidade do que vender, ainda fica a questão de como fazer isso. Montar qualquer tipo de negócio exige uma série de estudos e análises de caso, além de um investimento inicial para que isso seja colocado em prática. 

 

Poderia ser simples como fazer a locação de cones SP,  onde basta ligar para a empresa e pedir a quantidade necessária. 

 

Porém, um e-commerce exige a criação de um site ou a  utilização de alguma plataforma, além da criação de uma série de pontos importantes.

 

Separamos algumas dicas de como construir um e-commerce no setor de comunicação visual, mas reforçamos que, dependendo da sua realidade, isso pode mudar. 

 

Portanto, adeque as próximas dicas com a sua realidade e planejamento. 

Monte todo o planejamento 

O seu produto é a entrega de uma série de serviços que deverá ser realizada por diferentes profissionais. Você precisará definir em quais desses segmentos você irá trabalhar, e tudo isso deve ser planejado de forma antecipada.

 

Se o seu cliente deseja vender uma caneca de acrilico personalizada e pedir para você estabelecer o melhor modelo e estampas, é bem possível que você precise de um designer gráfico para construção de todos os detalhes. 

 

Porém, se for a criação de um desenho específico, você pode precisar de um ilustrador. Os designers criam identidades visuais, mas não necessariamente desenham como um ilustrador,

Note a necessidade de profissionais que serão precisos para estabelecer a criação de uma comunicação visual com seus clientes. Em quais áreas você irá atuar e como fará isso. 

Estruture o seu negócio 

Outra decisão importante, é definir em quais frente você irá se vender. Como estamos falando de um e-commerce, você precisará de um site ou pelo menos ser parceiro de alguma plataforma. 

 

Por se tratar da prestação de serviços, os sites tendem a ser mais chamativos.

 

Não esqueça também da força das redes sociais, e se tratando da prestação de serviços ligados a parte visual, é quase que obrigatório exercer uma frente forte em pelo menos uma grande rede social. 

 

Estruture o atendimento por telefone, vídeo chamadas e e-mails, afinal, todos esses pequenos detalhes são relevantes, já que o objetivo é fazer tudo de forma visual. Até mesmo  o desenvolvimento de uma etiqueta adesiva couché demanda um artista.

 

Por fim, por se tratar de algo que possivelmente agregará uma série de profissionais que poderão receber um valor específico por indicação do serviço, você precisará montar um contrato de prestação de serviços com seus parceiros e clientes.

 

Se você for fazer tudo sozinho, monte o contrato para o cliente e defina bem os objetivos. Lembrando que essa parte demanda uma ajuda jurídica, para que tudo saia conforme as exigências legais.

 

Além disso, todos esses trâmites precisam ser definidos previamente, pois você precisa garantir as melhores opções de pagamento.

 

Uma dica interessante é sempre se ater às devidas demandas burocráticas para não ter prejuízos futuros. Estamos falando de um investimento alto no desenvolvimento de uma estrutura empresarial, e por mais que seja digital, não significa que não deva ser profissional. 

 

Todo esse investimento será ressarcido quando a empresa começar a ter clientes. Em geral, empresas nesse estilo cobram um valor fixo no mês ou a venda de todo um trabalho com especificações definidas.

 

Lembra do planejamento? Ele também precisa estar presente nessa etapa, garantindo que haverá papel sublimatico fundo azul rolo suficiente para atender todas as demandas.

Não esqueça do marketing digital 

Muitas pessoas que criam um e-commerce esquecem que a presença do negócio não é física, e isso é um grande erro. 

 

As pessoas não vão simplesmente aparecer e pedir algo, você precisa ser visto, e para que isso ocorra, a atuação dentro do marketing digital é necessária.

 

Você já montou o seu site, estruturou a tabela de preços, mensalidades, a venda de pacotes integrais, entre outras demandas. Agora, você precisa cativar clientes, fazer com que eles saiam das redes sociais e entrem em contato com sua empresa.

 

Seja por aplicativos de mensagens, redes sociais, telefone ou e-mail, um e-commerce precisa trabalhar em todos esses canais. Por isso, faça vídeos, crie textos e envie e-mails. 

 

Todo seu reconhecimento dependerá da atuação dentro desse universo digital, onde o marketing digital é uma das maiores prioridades. Além disso, ainda é possível vender cursos ensinando a fazer o que você faz.

 

As possibilidades de venda para quem faz comunicação visual são extensas, a questão que fica no ar é como isso será feito de agora em diante. 

Considerações finais 

Note o seguinte, durante todo o artigo falamos sobre a importância de um e-commerce  na vida das pessoas que decidem empreender. Muitos acabam vendendo sempre as mesmas opções, sendo que poderiam explorar um pouco mais a realidade.

 

Toda empresa precisa exercer certa comunicação visual com seus clientes, e isso precisa ser feito da melhor forma possível, pois é a realidade do mundo atual. As pessoas assistem de tudo, por muito tempo e todos os dias. 

 

A sustentabilidade e a diversidade são pautas que estão em alta. Você pode agregar tudo isso a imagem do seu e-commerce e já começar com o pé direito no quesito identidade positiva. Agora é com você. 

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://itaqueraemnoticias.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp