20/09/2021 às 09h07min - Atualizada em 20/09/2021 às 11h20min

Como promover a cultura de uma empresa global para os colaboradores

Wagner Domingues*

SALA DA NOTÍCIA Wagner Domingues
www.englishlive.ef.com
Divulgação English Live
*Wagner Domingues é country manager da EF English Live no Brasil, maior escola de inglês online do mundo.

Quando falamos sobre a cultura de uma empresa, nos referimos a algo que envolve todos os colaboradores, um dos ativos mais importantes para o sucesso. Ter uma cultura bem definida garante que todas as pessoas estejam em sintonia, olhando para a mesma direção, ajudando, assim, a companhia a conquistar seus objetivos de maneira mais rápida e assertiva.

É difícil ter uma cultura bem definida, principalmente quando envolve uma empresa global. São diferentes países, hábitos e muitos colaboradores e líderes. Mas é muito importante que, em todos os lugares, a cultura corporativa seja promovida. Os valores e propósito devem ser os mesmos em todos os escritórios, seja no Brasil ou na Inglaterra, e precisam ser condizentes com as ações de todos, partindo dos sócios e líderes. Para isso, alguns passos importantes podem ser seguidos.

Tudo começa com o ambiente físico. Apesar de se adequar aos costumes locais, as pessoas precisam saber quando estão em um escritório de determinada empresa, pois o conceito precisa ser o mesmo. Com a pandemia causada pelo coronavírus, promover a cultura no ambiente de trabalho ficou ainda mais desafiador. O contato se restringiu aos vídeos, o escritório se estabeleceu na casa de cada um, acabaram as pausas no café com os colegas. Por isso, ter uma liderança inclusiva e compreensiva com a nova jornada criada pela pandemia é um diferencial. Propor novos modelos de interação, com encontros semanais que não tratam apenas de trabalho, como cafés da manhã virtual e happy hours, são boas opções para manter a cultura viva e o time engajado.

No home office, como não existem as reuniões “olho no olho”, o colaborador pode se sentir abandonado e desmotivado. Neste caso, fornecer feedbacks contínuos, revisitar e reforçar os benefícios que a companhia oferece nesse momento, vai lembrá-lo dos motivos pelos quais ele escolheu trabalhar lá. Ter a cultura da empresa em mente vai ser fundamental para que os funcionários se sintam animados para essa retomada ao trabalho presencial.

Quando se fala no momento em que o colaborador chega à companhia, durante o onboarding, que é o processo para integrar um novo integrante à equipe, independente do país, é muito importante que o direcionamento seja o mesmo, com materiais e abordagens padrão, inclusive para os líderes.

A integração entre os escritórios do mundo todo precisa acontecer de maneira frequente, quase que diariamente. A tecnologia permite isso hoje. É preciso que os funcionários interajam, troquem experiências e possam dividir seus conhecimentos. É essencial que a empresa incentive uma carreira global e experiências internacionais, oferecendo oportunidades de conhecer e trabalhar em outros países. A retomada é necessária depois que a pandemia estiver controlada. A companhia precisa oferecer um ambiente de trabalho inclusivo e multicultural, além de um plano de carreira gratificante, trabalhando sempre o sentimento de “ser global”.

Estabelecer a língua oficial da empresa também é necessário. Muitas organizações escolhem o inglês por ser a língua mais falada do mundo e por ser essencial para se comunicar com outros mercados. Definindo isso, é preciso incentivar os funcionários a aprender o idioma, com bolsas de estudo, descontos, aulas particulares dentro da companhia, e com acompanhamento do desenvolvimento de cada um.

Fomentar a diversidade é outra chave para promover a cultura de uma empresa. As companhias globais possuem grande diversidade e é preciso ter profissionais focados somente neste assunto para fortalecer e disseminar a pluralidade.

Treinamentos online com líderes de outras unidades, palestras com o time de marketing global mensalmente, são outras atividades que ajudam a fortalecer e promover a cultura de uma empresa.

A cultura de uma empresa precisa estar bem definida. Ela não pode ser mudada todos os meses pelos fundadores, pelo CEO, pelo marketing ou por algum colaborador. É preciso que as transformações sejam graduais e eficazes. A cultura precisa mudar as pessoas que entram pela porta de seus escritórios e trazer um sentimento de pertencimento àquele lugar.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://itaqueraemnoticias.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp