28/07/2022 às 11h15min - Atualizada em 28/07/2022 às 20h41min

Depois de passar por Inglaterra e EUA, bela zaremba lança EP "ecoar"

Artista solidifica trabalho autoral com álbum de estreia

SALA DA NOTÍCIA Nathália Pandeló Corrêa
Angela Zaremba

Depois de uma sequência de singles, a cantora e compositora carioca bela zaremba entrega seu primeiro EP, “ecoar”. O trabalho une influências de pop folk, nova MPB e indie alternativo para convidar a uma reflexão sobre autoconhecimento e amadurecimento. Reunindo singles já revelados, como a faixa-título, “sal e sol”, “eu em tu, tu em mim” e “banjo com agogô”, além das inéditas “de todos os poemas que já vivi” e “amor pra recomeçar” (releitura de Frejat), a artista embarca em uma nova e prolífica fase criativa, solidificada com o EP.

Ouça “ecoar”: https://bit.ly/belazarembaecoar

Assista ao clipe “amor pra recomeçar”: https://www.instagram.com/reel/CgiCE56syAG/

 

bela busca referências de nomes como Marisa Monte, Bon Iver, Nando Reis, Lizzy McAlpine, Gilsons, Of Monsters and Men e Anavitória para construir uma sonoridade ao mesmo tempo singela e intensa, do nosso caos interno à calmaria da natureza. Não por acaso, a estética campestre permeia todo o conceito do álbum, pois é em meio ao verde onde a artista busca a sua maior inspiração. Outra de suas influências aparece mais claramente: na regravação do sucesso de Frejat, bela traz à tona o tema do recomeço em um diálogo com o seu próprio momento artístico, porém sem deixar de trazer a sua personalidade para a interpretação da música. Não por acaso, ela se tornou a faixa-foco deste lançamento.

Conheça o vídeo de apresentação da artista: https://www.instagram.com/tv/CWLhwtMvu7D/

“‘ecoar’ é o reflexo de um encontro comigo mesma, de descobrir o que me habita de mais especial para transformar em música, explorando meu lado solar e o meu lado mais introspectivo. Falo sobre o amor, a poesia, a natureza e o etéreo. Dessas sementes que me habitam, as músicas florescem. Umas tem gosto de mar, outras tem cheiro de terra molhada. É tudo que eu trouxe da minha jornada até aqui, esse EP são as minhas raízes, minha mais pura natureza”, resume.

O álbum introduz também um novo nome artístico. Anteriormente conhecida como BELA, bela zaremba ressignifica o caráter profundamente pessoal de seu trabalho. “Chegou a hora de me apropriar de mim mesma e contar a minha história”, assume a cantora.

bela zaremba faz das suas composições um livro aberto para dialogar sobre as questões que nos tornam mais vulneráveis. Indo da introspecção aos dias solares, a artista convida a um mergulho pessoal e, ao mesmo tempo, universal pelas nossas inseguranças, dilemas e contradições, em busca do que nos torna humanos. 

O novo EP, “ecoar”, está à disposição nas principais plataformas de música.

 

Crédito: Angela Zaremba

 

Sobre a artista:

Após uma temporada estudando música no Reino Unido, tendo tocado no mesmo palco que Ed Sheeran e gravado no mesmo estúdio que Keane, bela abraça suas raízes num reencontro com os sons que a formaram musicalmente - mas sem deixar de olhar para o futuro. Tons modernos de folk e MPB se encontram, tudo embalado por uma voz de compositora e intérprete diferente das suas inspirações. De volta ao Brasil, ela constrói seu trabalho autoral sobre essas raízes.

 

As novas canções vêm para somar a um trabalho que já ganha corpo e chama atenção. Seu single de estreia, “Desandar” (2019), foi um prelúdio desse olhar mais profundo que a artista buscaria nas canções seguintes. “The Wolf”, single de 2020, atestou sua versatilidade independente do idioma. E, ao longo de 2021, bela zaremba começou uma nova fase com dois singles e clipes já revelados. Todos unidos pela sensibilidade e elegância que o trabalho da cantora e compositora se propõe a refletir.

 

Assista ao clipe “Desandar”: https://youtu.be/dBBn5X1ss4o

Assista ao clipe “The Wolf”: https://youtu.be/jICUdOM2Y7Y

 

Agora, “ecoar” se torna seu primeiro EP, em um lançamento do selo Relva Music.

 

Ficha técnica

artista: bela zaremba

composição: Isabela Zaremba

composição amor para recomeçar: Mauricio Barros / Mauro Santa Cecilia / Roberto Frejat

guias: Leo Rodrigues

voz: Isabela Zaremba

violões, baixo e guitarras: Juliano Cortuah

bateria: Pedro Mamede

produção musical: Juliano Cortuah

mixagem: Juliano Cortuah

masterização: Felipe Tichauer

 

preparação vocal: Amélia Gumes

audiovisual: byDream agency

fotografia: Angela Zaremba

assessoria: Build Up Media

designer: Alana Lima

produção executiva: Carolina Castellain

gestão e estratégia: Rodolfo Lacerda 

 

distribuição: Ingrooves

selo: Relva Music

 

Acompanhe bela zaremba:

www.instagram.com/isabelazaremba

www.youtube.com/belazaremba

www.tiktok.com/@belazaremba


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://itaqueraemnoticias.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp