28/07/2022 às 16h22min - Atualizada em 28/07/2022 às 19h02min

Livro traz 5 dicas para jovens advogados valorizarem ‘soft skills’

SALA DA NOTÍCIA Vera Moreira
Divulgação
A inteligência emocional tornou-se um diferencial na contratação dos profissionais. Os jovens advogados não aprendem a valorizar os ‘soft skills’ e usar seus pontos fortes a favor e identificar seus pontos fracos.
O consultor empresarial, especializado em escritórios de advocacia, Sebastião Oliveira Campos Filho, lança livro que mostra os caminhos de gestão moderna e eficaz das firmas de direito.
“A maioria dos escritórios ainda contrata seus advogados principalmente pelos conhecimentos jurídicos que eles têm, ainda que, algum tempo depois, venham a demiti-los pela incapacidade de se relacionarem com pares, superiores ou subordinados”, explica o consultor.
No livro “Gestão Jurídica – perguntas e respostas que levarão seu escritório a um desempenho superior”, o consultor Sebastião Oliveira Campos Filho lista cinco dicas para aprimorar os relacionamentos interpessoais no escritório:
1. Selecione bem e minimize problemas no futuro, aplicando testes comportamentais
2. Capacite os líderes para criar um bom clima de trabalho. Escritórios em que sócios e coordenadores promovem um ambiente de maior participação e abertura, tendem a criar relações mais transparentes.
3. Estabeleça competências comportamentais realmente importantes para a firma, o que elas significam e como serão avaliadas. Por exemplo, um escritório que trabalha na área previdenciária, com pessoas idosas com dificuldade em compreender os entraves normais dos processos judiciais, uma competência-chave para os advogados que os atende pode ser: “uma comunicação empática, simples e acolhedora”.
4. Invista no desenvolvimento das competências comportamentais. Esse processo pode contemplar diversas ferramentas, como coaching, treinamentos comportamentais, grupos de discussão realizados pelo escritório, processos estruturados de feedback como realizados na metodologia +QPerformance, entre outras.
5. Premie o desenvolvimento das competências comportamentais. Fazendo uma analogia, é uma política de Estado (a firma), não de governo (gestor atual). Isso cria estímulos para que todos se desenvolvam. Uma espiral positiva se constrói.
O autor apresenta também como solucionar os maiores desafios dos escritórios de advocacia: prospecção de clientes, atração e retenção de talentos, geração efetiva de resultados financeiros, criação de uma marca forte, atualização quanto a temas como Diversidade e Inclusão e incorporação de inovações e tecnologias aos processos. Seguem cinco dicas básicas:
           
 
“Gestão Jurídica – perguntas e respostas que levarão seu escritório a um desempenho superior”
Autor – Sebastião de Oliveira Campos Filho

Vera Moreira/ Assessora de Imprensa/ (11) 3253-0729 e 99973-1474 
vera@veramoreira.com.br

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://itaqueraemnoticias.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp