26/07/2022 às 13h25min - Atualizada em 26/07/2022 às 14h20min

Como é viver nos Estados Unidos?

Quando eu cheguei à América foi um choque cultural, a maior preocupação era falar o idioma corretamente

SALA DA NOTÍCIA Samantha di Khali Comunica
Divulgação
George Robert’s Destaca:
Quando eu cheguei à América foi um choque cultural, a maior preocupação era falar o idioma corretamente. Mesmo com experiência em sala de aula (lecionando no Brasil), pude observar que o dia a dia é uma escola nos Estados Unidos e a cada dia é uma nova experiência. Muitos pensam em chegar aos Estados Unidos somente para trabalhar “fazer dinheiro e enviar para o Brasil” e na verdade, a realidade é difícil, estar longe da família, aprender a cultura, falar bem o idioma e trabalhar para o próprio sustento.
Quando relato sobre minha experiência de vida sempre enfatizo “Você consegue se acostumar com a vida fora do seu pais depois de 1 ano” pois a saudade não dói tanto. O importante é ter metas. Muitos vão dizer: “Volta para o Brasil”, “Como você consegue viver longe da família?”
Quando você se planeja e você vê o resultado, é assustador! As pessoas começam a ter certo amadurecimento em relação à cultura um dos outros. As leis do país funcionam e automaticamente o respeito em relação às individualidades aumenta.

Existe um preconceito em relação ao Imigrante nos Estados Unidos?
Bom, o preconceito existe em todos os lugares, mas as pessoas se respeitam. Eu vim de Nova Iguaçu – Rio de Janeiro, uma família de classe média, falar sobre viver fora era uma utopia. Quando eu cheguei aqui, me planejei de uma forma onde a prioridade era terminar minha educação acadêmica. Hoje afirmo que foi o meu melhor investimento. O estudo é a ferramenta que abre as portas para o mercado de trabalho. As oportunidades acontecem na “Terrinha do Tio Sam” basta acreditar na capacidade de realização. Acredito que nós carregamos vários traumas e com isso se cria um bloqueio naquilo que queremos realizar. Como um brasileiro radicado nos Estados Unidos e seguindo as leis do paÍs, minha maior dedicação é exaltar a cultura do Brasil. Eu encontrei meu caminho na minha profissão onde posso ser um “porta-voz” de uma comunidade brasileira na América. Hoje, eu me dedico em conversar com brasileiros cidadãos do mundo onde cada pessoa assume o lugar de ser o protagonista de sua própria história e servindo de fonte de inspiração para outras pessoas. Viver na América é uma realização, é aceitar que se trabalha muito e “tempo é dinheiro”.

*O Jornalista e apresentador George Robert’s iniciou sua vida profissional como Professor de lingua Inglesa, bacharel em Letras (Inglês/ Português), sua segunda formação foi em Jornalismo e mestrado em Psicologia da Educação. Com uma vasta experiência no teatro, George Robert’s também participou de TV e cinema.  Foi apresentador da “The Fashion Channel” – Veja TV, onde fazia coberturas de eventos de moda em Nova York e Nova Jersey e passou a entrevistar estilistas e modelos conhecidos na indústria do mundo Fashion. Como comunicador, conquistou seu espaço entre as celebridades e passou a ser o apresentador oficial dos eventos da comunidade brasileira nos Estados Unidos. Ganhou muito destaque e passou a apresentar eventos importantes da comunidade Brasileira em Nova Jersey e Nova York como Divine Premier, Lavagem da Rua 46, Brazilian Day Nova Jersey, Beautiful Forever, Miss Brazil e Mister Brazil USA, Fashion Shows, Os Notáveis (NY) e Focus Brasil (FL). George Robert’s também assinou como colunista edições da “Revista My Life Style Magazine”, foi capa das revistas Só Festa-USA, Life & Fashion Magazine, por um curto período participou da equipe “En La Escena TV”. Desde 2014, assina a coluna George Robert’s Talks no maior jornal Brasileiro dos Estados Unidos “Brazilian Times Newspaper”.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://itaqueraemnoticias.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp