26/07/2022 às 09h24min - Atualizada em 26/07/2022 às 12h23min

UNA Lafaiete fecha parceria com agricultores familiares

Iniciativa com o curso de agronomia irá promover a melhoria dos sistemas produtivos de alimentos orgânicos

SALA DA NOTÍCIA Guilherme Silva
A agricultura orgânica, representada pela agricultura familiar, tem papel importante ao possibilitar que a população adquira produtos por preços mais baixos, quando comparados aos valores praticados pelo mercado. Outro ponto positivo é que ela contribui para a alimentação saudável, considerando a não utilização de agrotóxicos nos produtos comercializados. Levando em conta essas questões, a Una Lafaiete, integrante do Ecossistema Ânima Educação, firmou parceria com a Orgânicos MGBIO, empresa cooperativa de agricultores familiares referência na produção e comercialização de produtos orgânicos.

A parceria, além de contribuir para o desenvolvimento das habilidades e competências dos discentes do curso de Agronomia, incentiva a melhoria dos sistemas produtivos e da segurança dos alimentos na cidade de Conselheiro Lafaiete. Com o auxílio de professores e especialistas, a ideia é garantir alimento fresco, saudável e com pleno potencial de suas propriedades nutracêuticas.

“O mercado de orgânico em Conselheiro Lafaiete ainda é embrionário, mas tem muito potencial. Temos incentivo de algumas políticas como o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e outras iniciativas vindas por parte da população que vê no consumo de orgânicos uma alimentação mais saudável para a sua família”, explica Lucas Lenin Resende, professor do curso de Agronomia da Una. Ele acrescenta que a ideia da parceria é que a MGBIO possa contribuir com o espaço para as práticas do curso de agronomia e em contrapartida os alunos da Una Lafaiete possam solucionar problemas e dificuldades que os agricultores familiares venham a ter no processo de produção. “Com isso as nossas unidades curriculares serão conduzidas parte em sala de aula e parte na MGBIO”, completa o professor.

Para Paola Paiva, proprietária da MGBIO, ainda não há muito incentivo para a produção orgânica. ”Essa parceria vai agregar muito, porque possibilita colocar o conhecimento técnico na continuidade de um trabalho que já existe. Alimento é saúde, então é preciso desenvolver técnicas que promovam cada vez mais, a qualidade deles. A Una Lafaiete poderá contribuir muito nesse sentido, ao incentivar a produção do orgânico e ao desenvolver técnicas que ampliem a compreensão das dificuldades para a produção”, afirma.

A produção de orgânicos não permite a utilização de produtos químicos para controle de insetos indesejáveis ou plantas espontâneas, por exemplo. Esse tipo de condução contribui para um meio ambiente mais equilibrado e permite que os alimentos sejam mais nutritivos, saborosos e saudáveis.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://itaqueraemnoticias.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp