25/07/2022 às 10h08min - Atualizada em 25/07/2022 às 14h21min

Tratamento contra perda auditiva ajuda idosos a seguir trabalhando

Graças aos avanços da tecnologia, as pessoas não devem se envergonhar de usar aparelho auditivo no ambiente de trabalho; próteses auditivas modernas garantem discrição e elegância

SALA DA NOTÍCIA Cristina Freitas
Telex Soluções Auditivas
foto divulgação
Pessoas maduras ou já na terceira idade estão cada vez mais presentes no mercado de trabalho. Já se foi o tempo dos vovôs de pijama e das vovós dedicadas ao tricô. Muitos permanecem ativos em suas profissões, seja por vontade própria ou necessidade.
Com maior qualidade de vida, a população brasileira está envelhecendo. A expectativa de vida, que era de 40,7 anos em 1940, chegou a 76,8 anos em 2020, de acordo com o IBGE. Vive-se cada vez mais e trabalha-se por mais tempo.
 
Mas nem tudo são flores. Há muitas dificuldades. Pessoas beirando os 60 anos enfrentam inúmeros desafios no mercado de trabalho, cada vez mais competitivo - seja para manter o emprego ou buscar uma realocação. Por isso, cuidar da saúde é fundamental. Além da concorrência com os mais jovens, muitos idosos já enfrentam limitações. Um dos problemas mais corriqueiros é a perda de audição, que afeta mais de 50% dos indivíduos maiores de 60 anos.
 
“A perda auditiva a partir dos 60 anos faz parte do processo de envelhecimento natural, devido à degeneração das células ciliadas da orelha, que são responsáveis pela audição. Por isso, é importante que o indivíduo procure um médico otorrinolaringologista ou um fonoaudiólogo assim que perceber dificuldades para ouvir, a fim de iniciar logo o tratamento para não agravar a alteração auditiva e, principalmente, para voltar a ouvir bem os sons do cotidiano”, ressalta a fonoaudióloga Rafaella Cardoso, especialista em Audiologia na Telex Soluções Auditivas. 
 
Para manter um bom relacionamento no trabalho e não deixar que a deficiência prejudique o desempenho profissional, a melhor opção, na maioria dos casos, é o uso de aparelhos auditivos. A boa notícia é que hoje, graças aos avanços da tecnologia, as pessoas já não devem se envergonhar de usar um aparelho auditivo. As próteses auditivas modernas são bem pequenas, garantindo discrição e elegância e evitando constrangimentos no ambiente de trabalho. 
 
“O uso de aparelhos auditivos garante ao idoso uma boa rotina no trabalho, não importa o grau da perda auditiva. Deste modo, as empresas podem contar com aquele profissional mais experiente por mais tempo; o que é benéfico tanto para o empregador quanto para o idoso”, comenta a fonoaudióloga da Telex.
 
De volta aos estudos

Mais tempo no mercado do trabalho e também mais tempo nas salas de aula. Muitos adultos e até mesmo idosos vêm redescobrindo a sua vocação e começando a cursar uma nova faculdade. E para isso, também, a audição é fundamental. Aliás, uma boa audição é fator prioritário para o bom convívio social, seja entre chefes e colegas de trabalho, amigos de classe e professores, bem como para garantir bons desempenhos nas tarefas do dia a dia.

 
Por isso, fica o alerta: para acompanhar os novos tempos e agarrar as oportunidades é preciso estar atento à saúde auditiva. Sem uma boa audição, é mais difícil ter sucesso na carreira, nos estudos e na vida.
 
Em maio de 2020, no início da pandemia de Covid 19, o Brasil tinha 7,7 milhões de trabalhadores ocupados com mais de 60 anos. A maioria - 4,7 milhões - atuando no setor de serviços. Os dados foram reunidos pela consultoria IDados, com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) do IBGE, realizada neste período.
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://itaqueraemnoticias.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp