22/07/2022 às 15h42min - Atualizada em 22/07/2022 às 18h51min

Herpes-zóster: saiba mais sobre a doença e aprenda a preveni-la

Disponível na rede de laboratórios do Grupo Alliar, vacinação é a melhor maneira de evitar a enfermidade

SALA DA NOTÍCIA FSB Comunicação
 

Herpes-zóster: saiba mais sobre a doença e aprenda a preveni-la

Disponível na rede de laboratórios do Grupo Alliar,
vacinação é a melhor maneira de evitar a enfermidade

 

Causado pelo vírus da catapora, o herpes-zóster tem incidência maior entre idosos, apesar de também acometer pessoas jovens. Segundo estudo divulgado em junho de 2022 pela Unimontes (Universidade Estadual de Montes Claros), em Minas Gerais, o número de casos de herpes-zóster aumentou 35,4% no Brasil. No Sudeste, houve incremento de 45,8% no índice da doença, enquanto o Centro-Oeste registrou acréscimo de 77,2%.

“Quando entramos em contato com o vírus da varicela-zóster na infância, que é da mesma família que o herpes-zoster, ele pode ficar ‘adormecido’ no organismo humano, principalmente no sistema nervoso e ‘despertar’ quando a imunidade baixa. É justamente por isso que a doença aparece mais em idosos ou em imunocomprometidos, cujo sistema imunológico não tem a mesma eficiência que organismos mais jovens ou de pessoas com mecanismos normais de defesa contra infecções.”, destaca Dra. Raquel Coelho, Coordenadora Médica do laboratório CDB, que faz parte do Grupo Alliar.

A médica esclarece que as bolinhas avermelhadas (rash cutâneo), características da enfermidade, seguem, na pele, as linhas do trajeto onde os nervos estão localizados no corpo e, por isso, dependendo da região onde aparecem, podem causar quadros dolorosos mais graves. “O rosto é uma região bastante sensível quando acometido pelo herpes-zóster. Além de dor e cicatrizes, o paciente pode ficar com sequelas relacionadas ao funcionamento dos nervos da face”, afirma a Dra. Raquel.

Uma maneira simples de evitar a enfermidade é vacinar-se. “Existem dois imunizantes contra o herpes-zóster: um lançado recentemente no Brasil, produzido com fragmento inativado do vírus varicela-zóster, e outro feito com vírus atenuado. Os dois são seguros, porém o primeiro tem uma eficácia de 90% e é aplicado em duas doses, enquanto o segundo registra eficácia de 70% e precisa apenas de uma dose”, conta Dra. Raquel.

As vacinas contra a herpes-zóster podem ser encontradas nos laboratórios do Grupo Alliar, CDB e Plani (São Paulo), Axial (Minas Gerais), Multiscan (Espírito Santo), CSD (Pará) e Delfin (Bahia). Para maior comodidade da população, em algumas localidades a vacinação também pode ser feita em domicílio. Para encontrar o laboratório mais próximo, acesse o site do Grupo.

Sobre a Alliar
O Grupo Alliar foi fundado em 2011 com a fusão de quatro empresas líderes do setor de diagnóstico médico por imagem nas cidades de Belo Horizonte, Juiz de Fora, Campo Grande e São José dos Campos. Com mais de 5 mil colaboradores e cerca de 1,2 mil médicos parceiros, a Companhia está presente em 10 estados brasileiros: São Paulo (CDB e Plani), Espírito Santo (Multiscan), Minas Gerais (Axial, Nuclear, São Judas Tadeu e Cedimagem), Mato Grosso do Sul (DI Imagem e Multilab), Pará (CSD), Bahia, Paraíba e Rio Grande do Norte (Delfin), Paraná (Sabedotti) e Resende, no Rio de Janeiro (Cedimagem).

 

A Companhia conta com mais de 100 unidades de atendimento ambulatorial, atendendo com excelência na realização de exames diagnóstico por imagem, análises clínicas, medicina nuclear e vacinas, além de soluções corporativas, remotas e presenciais, para hospitais e centros de diagnóstico dos setores privado e público, sendo a primeira empresa a firmar uma parceria público-privada no estado da Bahia.

Em 2020, a Alliar trouxe para o mercado de saúde o conceito de marketplace, com o lançamento do Cartão Aliança. Com uma assinatura mensal de apenas R$ 19,90 no plano anual, os clientes têm acesso a estabelecimentos credenciados em todo o Brasil que oferecem acesso a exames, consultas e outros serviços de saúde e bem-estar a preços acessíveis para a população não coberta pela saúde suplementar.

A Companhia conta ainda com uma healthtech B2B, o iDR, pioneira na operação remota de equipamentos de diagnósticos por imagem (Ressonância Magnética e Tomografia Computadorizada) – uma plataforma de tecnologia que aprimora a qualidade em medicina diagnóstica ao incorporar inteligência artificial e eficiência ao longo da jornada do paciente. O iDR oferece serviços de saúde de forma remota, incluindo telerradiologia, métodos gráficos e operação de equipamentos de diagnóstico por imagem, para dezenas de hospitais e clínicas em todo o Brasil, tornando a medicina diagnóstica precisa e de qualidade acessível às mais diversas regiões do país.

Ao longo de seus 11 anos, o Grupo Alliar consolidou-se como um dos mais importantes players da medicina diagnóstica do Brasil, tendo como pilares o atendimento humanizado, a valorização do corpo médico e o investimento em tecnologia e inovação.

 

Informações à imprensa - FSB    

Celina Cardoso Celina.cardoso@fsb.com.br | (011) 98517-7203    

Joana Fróes joana.froes@fsb.com.br | (021) 99855-2363    


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://itaqueraemnoticias.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp