14/07/2022 às 14h59min - Atualizada em 15/07/2022 às 00h01min

Lesão medular não impede a prática de esportes radicais e abertura do próprio negócio

Com uso do cateter hidrofílico, jovem ganhou em qualidade de vida e pôde tirar o melhor de cada atividade

SALA DA NOTÍCIA Maria Estrella - Approach
www.coloplast.com.br
Divulgação
Quem acha que cadeirante não pode ser empresário, nem fazer wakeboard, paraquedismo, motovelocidade, skate e musculação, não conhece o paulista Vitor Hugo Quadros. Com 27 anos e há cinco paraplégico depois de um acidente de moto, o jovem é empreendedor e pratica todas essas modalidades esportivas, mesmo tendo que fazer o cateterismo intermitente, que é o uso rotineiro do cateter para esvaziamento da bexiga (cerca de seis vezes ao dia). Devido à lesão medular, sua bexiga passou a não mais indicar a necessidade de urinar. Mas isso nunca o impediu de fazer tudo que tivesse vontade de fazer.

Vitor mora sozinho e é totalmente independente. Passou a nadar e a praticar esportes radicais, sua grande paixão, somente depois de ficar paraplégico. Ele é um dos dois únicos brasileiros cadeirantes a saltar de paraquedas. Ainda este ano, se forma em uma das escolas de paraquedismo de Boituva, em SP. “Sempre gostei de adrenalina”, diz Vitor, que já fez dois saltos de instrução e mais de 40 em um Túnel de Vento, que simula a experiência.


Formado em engenharia mecânica, está adaptando sua moto para o uso como cadeirante, mudando os comandos de troca de marcha dos pés para as mãos, e há dois meses, passou a praticar motovelocidade. “É o meu esporte favorito e eu ainda ando em motos normais, sem trocar de marcha. Mas é muito caro e competir depende de patrocínio”, conta.

Há dois anos, quando usava um cateter convencional (mais rígido e não lubrificado), ele teve o chamado “falso trajeto”, quando o produto fura o canal uretral. Pela falta de sensibilidade na região, Vitor não sentiu dor, nem percebeu que o cateter não estava fazendo o trajeto correto. Em decorrência da gravidade da situação, precisou operar de urgência para retirar o cateter e, por 21 dias, usou uma sonda de demora (que fica instalada dentro do corpo para esvaziamento contínuo da bexiga durante o período de recuperação do canal uretral que foi machucado).

Depois dessa experiência terrível, ele conheceu o cateter hidrofílico SpeediCath®, após a visita em casa de uma enfermeira do programa Coloplast Ativa. “Ela me ofereceu uma amostra para experimentar e a diferença dele para o convencional é gritante. Por ser lubrificado e ter a ponta em gota, ele desliza e não machuca. É tão fácil, prático, rápido, eficiente e higiênico de usar, que eu nem encosto no cateter e faço até no carro, numa festa etc. Não preciso nem de luz, é só ter um lugar para a minha cadeira que tudo se resolve. Com a lubrificação, ele entra e sai numa boa e facilita o meu dia a dia de uma forma que eu nunca pensei que pudesse vivenciar”, conta Vitor, que acrescenta que nunca mais teve medo de ter um novo falso trajeto e pode trocar até na cama, à noite, sem precisar se levantar, como era antes.

“Quem experimenta, não troca. Mudei de um Fusca para uma Ferrari”, brinca o jovem, que utiliza o modelo Compact Set, que já vem todo pronto para uso, incluindo o coletor de urina. “Não preciso mais de um banheiro, nem de coletor, lubrificante, xilocaína, álcool em gel para higienizar, nem gaze para as mãos, que era tudo que eu precisava quando usava o cateter convencional. Com o cateter hidrofílico, posso focar no esporte e tirar o melhor de cada atividade que faço”, reforça Vitor. O jovem se tornou embaixador Coloplast em 2020 e reforça o quanto sua vida mudou com o SpeediCath: “As infecções urinárias acabaram e, por isso, a performance no esporte e minha qualidade de vida aumentaram muito”.

Seu revestimento hidrofílico único e uniforme, permite que seja pronto para o uso, não exigindo preparo prévio e reduzindo as chances de trauma uretral em até 55%,” explica o urologista Dr. José Carlos Truzzi, que faz parte do Conselho de Continência da Coloplast (CAB – Continence Advisory Board). Truzzi ressalta ainda que o produto resolve uma das reclamações mais frequentes dos usuários: o desconforto na inserção do produto na uretra masculina. “Ao facilitar o uso, reduzir o risco de complicações e manter uma rotina saudável de gestão da bexiga, o cateter hidrofílico estabelece um padrão ouro no tratamento de disfunções miccionais”, reforça Truzzi.  

Seus conhecimentos em engenharia mecânica o levaram a criar sua própria empresa,  onde desenvolve produtos para deficientes, como uma cadeira de banho portátil e um exo-esqueleto sem motor: um equipamento de aço que permite aos cadeirantes ficarem em pé e, com a ajuda de barras paralelas, aumentar o equilíbrio e até mesmo dar alguns passos. O produto 100% nacional custa dez vezes menos que o importado e foi todo desenvolvido e montado por Vitor, que apostou nesse ramo comercial há três anos.

Vitor também utiliza suas redes para mostrar que a paralisia não o fez parar de viver: seu Instagram @vitor_eficiente conta com mais de 13 mil seguidores, e no YouTube, o Canal Eficiente, com quase 17 mil seguidores, traz diversos vídeos com Vitor praticando os mais diversos esportes radicais, além de dicas do dia a dia para quem é cadeirante (incluindo como trocar o pneu do carro). “Tenho uma vida livre: o meu trabalho, faço os meus esportes, vou a shows e festas de música eletrônica, tenho minha moto e meu carro. Minha condição nunca me impediu de realizar todas essas atividades e o cateterismo limpo e seguro que o SpeediCath oferece aumentou demais a minha qualidade de vida”, reforça Vitor Hugo Quadros.  

Informações para a imprensa:
Approach Comunicação
Maria Estrella – maria.estrella@approach.com.br  - (21) 9-9918-1221
Lorena Paiva – lorena.paiva@approach.com.br – (21) 9-8243-1191
Rogéria Lemos – rogeria.lemos@approach.com.br  - (21) 9-9769-2066

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://itaqueraemnoticias.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp