12/07/2022 às 09h20min - Atualizada em 13/07/2022 às 01h12min

Schneider Electric amplia serviços de consultoria para impulsionar energias renováveis no Brasil

Globalmente, a empresa atua em mais de 450 negociações de contratos PPA nos quais 300 já foram assinados e entregam eletricidade aos consumidores

SALA DA NOTÍCIA Rebecca Emy

São Paulo, julho de 2022 Depois de anunciar que vai dobrar os serviços de consultoria em sustentabilidade no Brasil, a Schneider Electric também ampliará sua assessoria em Power Purchase Agreements (PPA) – contratos de longo prazo para compra e venda de energia renovável. Dessa forma, a líder global na transformação digital de gerenciamento e automação de energia irá fomentar o desenvolvimento do segmento no País e, consequentemente, a sustentabilidade nos negócios.

Segundo a BloombergNEF (BNEF), em 2021, foram assinados e registrados 31,1 GWGW de capacidade em PPAs corporativos de energia renovável. Isso representa um salto de 24% no recorde do ano anterior, 2020, no qual haviam sido anunciados 25,1 GW. Já no Brasil, de acordo com a consultoria Clean Energy Latina America (CELA), o aumento foi de 2.6 GW (37%) entre janeiro de 2021 e fevereiro de 2022. A capacidade instalada desses projetos é de 10,7 GW, o que equivale a 41% da capacidade instalada de energia eólica e solar no Brasil (26,1 GW).

A modalidade de compra de energia renovável está se consolidando no mercado livre de energia e, por isso, a Schneider Electric tem se consolidado cada vez mais como uma especialista no mercado livre de energia. Globalmente, a empresa atua em mais de 450 negociações de contratos no modelo de PPAs, dos quais 300 já foram assinados e estão entregando eletricidade aos consumidores. 

“No Brasil, somos a única consultoria independente e global. Prestamos assessoria de compra de energia para mais de 5TWh anualmente apenas no Brasil e para mais de 15TWhs em todo o mundo. Isso nos dá insights sobre as melhores práticas que podem ser implementadas nacionalmente, assim como sobre as oportunidades no mercado brasileiro”, diz Mathieu Piccin, diretor de Sustainability Business para América Latina da Schneider Electric.

Completando 75 anos de operações no Brasil em 2022, a companhia está há mais de dez anos atuando com consultoria em sustentabilidade no Brasil. Em nível mundial, são mais de 30 anos. No segmento de PPA, ela vem acumulando diversos casos de sucesso ao auxiliar as empresas com questões de sustentabilidade, orçamento, jurídicas e de eficiência e produção energética.

Em uma parceria com o Walmart, por exemplo, a Schneider Electric está dando suporte para o parceiro reduzir 1 gigaton (ou seja, 1 bilhão de toneladas métricas) de dióxido de carbono da cadeia de valor global da empresa até 2030. Até o momento, mais de 2.300 fornecedores de 50 países participaram dessa iniciativa.

Além disso, neste ano, a Schneider anunciou uma parceria com a PepsiCo para aumentar o acesso dos parceiros da cadeia de valor à eletricidade renovável.  Incluindo esse projeto, a empresa prestou assessoria para mais de 150 compras de PPA em escala de serviços públicos na América do Norte, Europa, Índia, Austrália e América Latina, totalizando mais de 11 mil megawatts de energia eólica e solar.  

“Nosso objetivo, além de ajudar clientes e parceiros, é fomentar o mercado de compra e venda de energia no Brasil. Com isso, a ideia é fortalecer o desenvolvimento sustentável e o uso consciente da eletricidade para participarmos ativamente da construção de um futuro melhor”, afirma Piccin.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://itaqueraemnoticias.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp