12/07/2022 às 11h08min - Atualizada em 13/07/2022 às 00h41min

Refletindo sobre a importância da água, peça infantil faz novas apresentações por São Paulo

‘Se eu Pudesse Mudar o Mundo - Na Trilha das Águas’ terá sessão dupla em São Paulo no dia 12 de julho

SALA DA NOTÍCIA Patrícia Nascimento
Divulgação

Em seu terceiro ano de realização, ‘Se eu Pudesse Mudar o Mundo III’ segue a programação de 2022 com novas apresentações no Estado de São Paulo. Na terça-feira, 12 de julho, a peça infantil ‘Na Trilha das Águas’ volta à cena em sessão dupla (09h30 e 14h) para refletir sobre a importância da água no Movimento Comunitário Estrela Nova, em São Paulo. Além do espetáculo, ao final de cada sessão o público é presenteado com um divertido passatempo que tem o objetivo de expandir a experiência educativa e cultural.

‘Na Trilha das Águas’ apresenta aos espectadores uma tribo que, ao perceber algo errado com o rio onde captam água para uso pessoal, seus animais e plantações, convoca o pequeno – mas corajoso! – guerreiro Cauê para seguir a trilha das águas. Junto de sua fiel companheira Onça Pintada, ele parte em busca de respostas para descobrir a origem do problema e uma forma de resolvê-lo. Lúdica e divertida, a peça reforça a necessidade do convívio harmônico entre homem e natureza.

“A ideia do projeto não é oferecer soluções, mas instigar crianças e adolescentes a de fato pensarem sobre o que pode ser feito quando ninguém vê ou ninguém faz. Isso atrelado ao fazer artístico, a atuação lúdica e a democratização do acesso à cultura possibilitam uma discussão rica e engrandecedora, que pode (e deve) impactar positivamente no processo de formação e na subjetividade de cada pessoa que chega até a peça”, comenta Carlos Heiffig, gerente de projetos da 3S – proponente do projeto.

Incentivadora das ações em São Paulo, a Adiq Pagamentos nasceu em 2015. Desde então, a empresa oferece soluções de pagamento capturando, processando, registrando e liquidando o pagamento de transações eletrônicas feitas com cartões de crédito e débito em lojas físicas ou virtuais. “Estamos muito felizes em promover iniciativas como o projeto ‘Se eu Pudesse mudar o Mundo IIl’. com a peça ‘Na trilha das águas’ que ensina às nossas crianças a importância da água e da preservação do meio ambiente. Na Adiq, acreditamos que contribuir para o desenvolvimento social e ambiental é um trabalho essencial que deve ser construído em conjunto com a sociedade”, comenta José Mário Ribeiro, CEO da empresa.

Viabilizado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura, “Se eu Pudesse Mudar o Mundo III” é uma realização do Ministério do Turismo via Secretaria Especial de Cultura com produção da 3S.

SERVIÇO: ‘Se eu Pudesse Mudar o Mundo III – Na Trilha das Águas’ em São Paulo
Movimento Comunitário Estrela Nova
Data e Hora: Terça-feira, 12 de julho de 2022, às 09h30 e 14h
Endereço: R. João Bernardo Vieira, 267, Jd. Paris – São Paulo/SP

Evento Gratuito
Classificação Livre
Aberto ao Público


--

Sobre a Adiq Pagamentos: Em um cenário de alta concorrência no mercado de pagamentos, a Adiq nasceu em 2015. Como empresa de adquirência, nos seis primeiros anos teve sua operação ligada ao Banco BS2. Hoje, enquanto empresa de soluções de pagamento que fomenta relacionamentos e negócios que geram ainda mais lucros para seus clientes, tem neles seus principais parceiros. Juntos, criam-se produtos e serviços que atendem às necessidades do seu público, fortalecendo sua marca e alavancando ainda mais as vendas. Em sete anos de operação, a Adiq se posiciona entre as principais credenciadoras do Brasil.

Sobre o Ministério: Principal ferramenta de fomento à Cultura do Brasil, a Lei de Incentivo à Cultura contribui para que milhares de projetos culturais aconteçam, todos os anos, em todas as regiões do país. Por meio dela, empresas e pessoas físicas podem patrocinar espetáculos – exposições, shows, livros, museus, galerias e várias outras formas de expressão cultural – e abater o valor total ou parcial do apoio do Imposto de Renda. A Lei também contribui para ampliar o acesso dos cidadãos à Cultura, já que os projetos patrocinados são obrigados a oferecer uma contrapartida social, ou seja, eles têm que distribuir parte dos ingressos gratuitamente e promover ações de formação e capacitação junto às comunidades. Criado em 1991 pela Lei 8.313, o mecanismo do incentivo à cultura é um dos pilares do Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac), que também conta com o Fundo Nacional de Cultura (FNC) e os Fundos de Investimento Cultural e Artístico (Ficarts).


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://itaqueraemnoticias.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp