Aulas de Educação Moral e Cívica precisam voltar ao Ensino Fundamental

Quando o assunto é moral cívica, civismo, moralidade, ética, algumas pessoas sentem aquele arrepio na espinha, pois, constantemente essas palavras pode remeter a outras expressões como: repressão, militarismo, censura em geral. Porém, quem sabe a fundo sobre o que se trata, ou por experiência própria ou por ter pesquisado, sabe muito bem que de nada há de repressão quando o assunto é ensino com honestidade. Falava um professor chamado Greino, numa famosa escola particular da Zona Leste, no ano de 1992: “Os dez direitos e dez deveres do cidadão brasileiro...”, e logo vinha com uma listinha de imposições inofensivas aos alunos, mas de grande utilidade à sociedade. Dentre elas, destacavam-se algumas como: pagar impostos e taxas ao governo, especificando as diferenças entre as duas. Aparentemente algo simples de se ensinar e de ser absorvido, mas será que alunos de 11 anos de idade, nos dias atuais, sabem diferenciar uma da outra? Pois bem, dentre outros deveres estavam: respeitar o hino nacional, não fazer paródia ou cantar em vão qualquer hino referente á pátria, seja o da bandeira ou da independência; além das pinceladas históricas que esmiuçavam as letras que são cantadas apenas em jogos de futebol hoje em dia. Sabe-se que há um projeto que pretende recolocar a disciplina de Educação Moral e Cívica nas escolas, assim como aconteceu entre os anos 70, 80 até 1993... Com honestidade, todo aprendizado será útil aos jovens do futuro, independentemente de discussões partidárias e tendenciosas. Nos dias atuais, em que a falta de educação se esparrama pelas ruas da cidade, uma dose dessa disciplina será muito bem-vinda!

*Tá na boca do povo
*Prefeitura revisará algumas clicovias
*Brasil... salve-se quem puder
*Expectativa com Bruno Covas