UBS Promorar pronta, mas fechada é alvo de protesto

content image

Cerca de 150 pessoas participaram no dia 28 de novembro, de ato público para cobrar da Secretaria Municipal de Saúde a entrada em funcionamento da Unidade Básica de Saúde (UBS) Promorar, no Sapopemba. O prédio foi entregue no ano passado, mas até hoje a população do bairro espera sua abertura definitiva. Vigilantes deixam o cadeado do portão fechado 24 horas.   
Trata-se de uma reivindicação de mais de 20 anos, que beneficiará 18 mil pessoas. líderes comunitários e dos movimentos de saúde, além de conselheiros gestores de UBS da região de Sapopemba e São Mateus se revezaram ao microfone para reivindicar a abertura da unidade. 
Representando a Coordenadoria de Saúde Sudeste, Sandra Tavares, afirmou que a abertura depende da liberação de recursos. “Para colocarmos para funcionar precisamos que liberem os recursos, talvez isso ocorra ainda em dezembro ou no começo do próximo ano”, informou. 
Ao final do protesto, ficou encaminhado para dia 6 de dezembro visita a Secretaria Municipal de Saúde, na região da Praça da República, para cobrar explicações do secretário o motivo pelo qual a UBS permanece fechada.